20 DICAS – Banho em Filhotes | Belas Patas
Home 20 DICAS – Banho em Filhotes

20 DICAS – Banho em Filhotes

O Banho em filhotes é um grande desafio nos pet shops, já que eles exigem atenção redobrada, carinho e comunicação.

Barulhos: evite barulhos e ruídos em excesso, a experiência do banho para o animal começa pela recepção, para o cão a primeira lembrança também é a mais marcante.

Adaptação: o animal precisa se adaptar ao ambiente desde filhote, por isso é recomendado que o animal comece a ter o hábito de tomar banho em pet shop desde pequeno.

Calma: geralmente quando filhote, o animal é manhoso e muito assustado. O profissional precisa ter calma, se necessário, até mesmo dar pausas para uma sessão de carinho e descanso para o animal.

 

O BANHO

1. O primeiro passo é fazer um checklist. Podemos separar este checklist em duas partes:

– Checklist Saúde: fazemos a avaliação da saúde do animal antes de iniciar qualquer processo. Esta simples avaliação nos dará a oportunidade de informar e alertar o cliente de possíveis problemas que o animal possa apresentar (pele, ouvido, olhos, dentes e unhas).

– Checklist Estética: nesta segunda avaliação, fazemos o checklist de toda estética. Esta avaliação pode ser transformada em uma venda de serviços de forma natural, sem que o fato de oferecer um serviço diferenciado possa parecer que o profissional está tentando “empurrar” um serviço dispensável. (pelagem: necessidade de tosas, hidratações, banhos diferenciados, penteados, etc.) Use sua criatividade e impacte seus clientes com o que você tem de melhor para oferecer ao seu animal.

2. Utilize sempre uma guia de contenção para evitar que o animal fique muito “sem regras” na mesa. Ao mesmo tempo que o banho deve ser uma experiência agradável para o animal, o mesmo precisa saber que é necessário que um bom comportamento.

3. Escolha o tamanho ideal da escova/rasqueadeira que irá escovar o animal.

4. Se for um animal de pelo liso, faça a escovação sempre no sentido do

5. Sempre que necessário, utilize um fluido desembaraçados para auxiliar no processo da escovação, faça isto em etapas e separando a pelagem em

6. Se encontrar a pelagem embolada faça a escovação do nó separadamente, protegendo a pele do animal para que a repetição de movimentos com a rasqueadeira não cause lesão.

7. Preste bastante atenção nas áreas de difícil visualização, como por exemplo, a área abaixo das orelhas e patas.

8. Retire toda a secreção dos olhos com um produto específico para este fim. Animais com focinho curto (braquicefálicos)

9. Faça a limpeza dos ouvidos também com produto específico, aplique o produto dentro do ouvido e massageie para que a sujeira saia da parte interna do ouvido e seja possível fazer a limpeza sem precisar utilizar nenhum tipo de material no interior do conduto auditivo.

10. Faça a limpeza da banheira com um produto específico para pet que seja desinfetante, bactericida, fungicida e viricida, evitando que o filhote contraia algum tipo de doença.

11. Após todo este processo, é hora do banho. Utilize água morna, faça a diluição do shampoo e condicionador no momento em que forem ser utilizados, evitando a diferença de temperatura entre água, shampoo e condicionador. Isto irá possibilitar conforto e bem estar deste o início até o final do banho.

12. Evite o contato do produto por muito tempo nos olhos do animal para não causar irritação.

13. Concentre a utilização de condicionador ou hidratação principalmente nas pontas dos fios, que geralmente estão mais danificados.

14. Após o banho, é hora da secagem. Um processo geralmente barulhento e estressante para o animal pelas primeiras vezes. Para evitar o excesso de barulho, podemos utilizar algodão nos ouvidos para diminuir o ruído.

15. Utilize também a temperatura do secador morna mesmo enquanto estiver utilizando o soprador. Lembre-se: filhotes querem conforto, e nada melhor que um ambiente aquecido para isto.

16. Após retirar o excesso de água, faça a escovação da pelagem por camadas, para que toda a pelagem esteja igualmente escovada. (Observe a distância de segurança entre o secador e a pele do animal).

17. Evite direcionar o ar diretamente no focinho do animal e no conduto auditivo, isto pode causar estresse ou até mesmo problemas futuros.

18. Antes de começar a finalização fazemos um checkout, onde iremos avaliar a secagem e escovação. Utilize um pente para auxiliar.

19. Penteie a pelagem do animal, fazendo a divisão correta dos pelos do dorso e focinho. Certifique-se de que os olhos do animal estejam livres de pelos. É muito importante para o cliente poder ver o olhar do seu filhote.

20. Após a finalização, posicione o filhote na mesa, e se estiver vidro em seu centro de estético, não perca tempo, aproveite para exibir seu trabalho para seus clientes antes de entrega-lo.

Renato Leiva – Groomer e Diretor técnico

Trabalho realização em: Belas Patas – Escola de serviços pet | (11)3422.2502 |www.belaspatas.com.br

Modelo: Brandon (5 meses) da raça Shih tzu.

  • Categorias

  • 
    Abrir WhatsApp
    Posso te ajudar?
    Olá!
    Podemos te ajudar?